terça-feira, 8 de novembro de 2011

Revoada da Cupiras

video

As Cupiras revoaram, sinal que estão muito bem.
O revestimento de gesso sobre o cupim mostrou-se eficiente na preservação do cupinzeiro e no conforto térmico para o enxame.

domingo, 28 de agosto de 2011

Serra da Macambira - RN

A Serra da Macambira é uma área mais elevada na Chapada da Serra Verde, situada na parte sudeste da mesma, atinge altitude máxima de 265 metros, porém se destaca na paisagem pois a região é bastante plana e todo o maciço assentado sobre a depressão sertaneja.
Área dominada pela catanduba e pelo facheiro, temos também, juremas, canelinha, mandacaru, marmeleiro, cipó bugi, ameixa, macambira etc.



Exemplo das floradas nas áreas abertas.
Agora temos uma área de 32 hectares para a preservação.

Boas colheitas de mel

 Florada Mava Preta e Maniçoba, foto do mesmo dia da colheita com sugador elétrico.

Após alguns dias vejam como ficou.

As Jandairas e Rajadas foram muito bem este ano (2011), o inverno prolongou-se e não houve excesso de chuvas, pelo menos aqui no Mato Grande, então vamos as colheitas. 

terça-feira, 4 de agosto de 2009

A natureza guarda um lugar especial pra cada um.













Essas pequenas flores estavam abandonadas, abelha alguma as procurava, talvez fosse seu nome, um tanto estranho, Cabeça de Velho (Borreria capitatta), sua fama entre os apicultores não é das melhores, dizem que o mel produzido é de baixa qualidade comercial por ser escuro, no entanto sabemos que os méis escuros são mais ricos de sais minerais, é o preferido na Europa, terra de cultura avançada.
De tanto vê o desperdício das flores, que murchavam e caiam ao chão sem que abelha alguma a acaricia-se, trouxe as abelhas Canudo lá do litoral do RN para o sertão, para que elas das suas flores retirassem o pólen e o néctar que necessitam para sobreviver, sem falar que essas humildes plantinhas estão aos milhares logo ali. O resultado já podemos preve, algo será produzido de onde nada se esperava, é assim que a natureza trabalha sempre surpreende aquele desavisado, que não compreende que todos temos uma finalidade, afinal o que vc veio fazer aqui, passar sem ser percebido ou deixar para sempre a sua marca.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Você pode cria-las sem problemas








Você pode cria-las sem problemas em sua casa. Essas abelhas não possuem ferrão, logo não picam, nem são agressivas. Você poderá observa-las pelo vidro tampa superior e ficará encantado com esses maravilhosos animais, sem falar do delicioso mel que terá para consumo.

Toda escola deveria possuir algumas colmeias que se prestariam ao estudo de seus alunos, através de aulas práticas de ecologia e biologia das abelhas sociais, sabemos que dependemos delas para obtermos boas safras agrícolas, o que somente é alcançada com a polinização feita pelas abelhas.

Adquira uma colmeia no Meliponário Mato Grande - RN e você receberá um manual e terá o endereço eletrônico para tirar dúvidas com um especialista, caso necessite de uma orientação mais detalhada, .

As despesas de manutenção da colmeia são mínimas ao contrário do que ocorre com outros animais de estimação, e você poderá viajar por quanto tempo quiser sem problemas, pois as abelhas sempre fazem reservar para os momentos difíceis, além de que o alimento delas esta nas flores em um raio de 1000 metros de distância da colmeia.

http://redeparede.com.br/natal/a-venda/animais-de-estimacao/posts/abelhas-indigenas-urucu-nordestina-melipona-scutellaris-25-355208

domingo, 12 de julho de 2009

A florada do momento

Meus amigos, hoje revisei um enxame de Uruçus (Melipona
scutellaris) resultado de uma muda, para verificar o nível de desenvolvimento alcançado, e aproveitei a ocasião para colher uma amostra do mel produzido a partir da florada do momento, o Gurdião (Cayaponia tayuya).
Essa florada iniciou-se em 25/05/2009 e ainda persiste.
Tenho documentado o espetacular florescimento dessa planta e o intenso forragear das abelhas, que especialmente neste ano, devido as generosas chuvas sobre a região nordeste, tem proporcionado uma condição climática muito favorável a essa planta e por conseguinte às abelhas.
A direita tem-se a imagem de alguns dos favos do mel coletado. Constatei tratar-se de um mel de cor âmbar claro, translúcido, com cheiro e sabor característico da flôr do Gurdião, que segundo pesquisas científicas é uma planta de grande valor medicinal.
Diante desses fatores positivos, resta-me esperar por uma grande safra de mel dessa florada neste ano.
Temos abaixo duas imagens com detalhes da inflorescencia com a presensa de botões e flores, também uma imagem de extensa área coberta pela ramagem do Gurdião em meio a vegetação de caatinga no Município de Bento Fernandes-RN, uma amostra da magnitude da floração neste ano, dessa importante planta meliponícola.